Europska komisija

Generalni Direktorati Europske Komisije

GU za pravosuđe i zaštitu potrošača
Generalni Direktorat  za Obrazovanje i Kulturu
Generalni Direktorat  za Istraživanja i inovacije
Generalni Direktorat za Komunikacijske mreže, sadržaje i tehnologiju

Financiranje projekta

Učionica za Potrošače je portal financiran od strane Europske Unije,  namjenjen osposobljavanju nastavnika u području  obrazovanja  potrošačaopširnije
Europska komisija
Vidi višezatvori


Comprar ou não comprar, eis a questão

broj komentara

No último sábado do mês de Novembro comemora-se um dia internacional informal de que poucos têm conhecimento: o Buy Nothing Day ou o dia de comprar nada.

Em 2017 acontece no dia 25 de Novembro, embora nos Estados Unidos habitualmente coincida com o Black Friday ou sexta-feira negra, que se comemora no dia imediatamente a seguir ao Dia de Acção de Graças.

Este feriado tipicamente americano tem lugar a 24 de Novembro e corresponde ao início oficial da época de compras de Natal para as empresas e para os consumidores.

Black Friday ou Buy Nothing Day - não podiam ser duas datas mais diferentes!

No primeiro caso com o Buy Nothing Day apela-se ao boicote ou à participação pela ausência de compras: ‘participate by not participating’ segundo o slogan associado à iniciativa.

O princípio reside na defesa de um mundo alternativo assente na sustentabilidade ambiental e na acção de um consumidor responsável, consciente e informado.

A sua comemoração pode incidir apenas na recusa em fazer qualquer tipo de compra ou na adesão a iniciativas simbólicas, como festas de rua ou manifestações.

Já no segundo caso só se pode participar na Black Friday comprando e aderindo à lógica subjacente às promoções de vendas, técnica própria do marketing e do capitalismo ocidental.

Assim, as marcas esforçam-se por acelerar a sua gestão de stocks dos mais diversos bens persuadindo o incauto consumidor de que, durante este dia, pode beneficiar de preços mais vantajosos do que em qualquer outro dia do ano.

O conceito foi importado dos Estados Unidos, onde se tornou comum e bem-sucedido para a generalidade das empresas, mas altamente questionado pelos detractores do consumo conspícuo.

Entre outros factores, a adesão massiva à sexta-feira negra e o interesse das marcas em retirar o máximo possível de benefícios pode conduzir a práticas comerciais lesivas dos direitos dos consumidores.

Lançar a discussão em sala de aula sobre estas duas atitudes tão diversas entre si, por exemplo recorrendo a argumentação no estilo 'Prós e contras', pode ser uma forma bastante interessante de despertar a consciência cívica dos jovens estudantes, alertando-os para a importância de estarem informados sobre os seus direitos e deveres.

buy nothing day 2017

Source: http://www.adbusters.org/bnd/

Alcina Dourado 0
expert
Teacher since 1995 in Portugal, now develops research for her PhD degree in Strategic Communication - in detail, regarding consumerism organizations. The NTP for Portugal.
POVRATAK NA VRH
informacije
Žao nam je , ali ne možemo izvršiti ​​vaš zahtjev . Stranica nije pronađena .
Žao nam je , ali u ovom trenutku nemate pristup za izvršenje zahtjeva ?
Žao nam je , ali ne mogu izvršiti vaš zahtjev . Došlo je do interne pogreške poslužitelja
komentirajte izvjesce
trebate pomoc? Molim pogledajte dio za pomoc